jump to navigation

AOS MEUS LEITORES, DESEJO UM GRANDE 2015 COM MUITA SAÚDE, PAZ E SUCESSO SEMPRE. E CADA VEZ MAIS VIAGENS MARAVILHOSAS janeiro 2, 2015

Posted by JN, Rio de Janeiro in Uncategorized.
add a comment

Resolvi não escrever nada no final do ano, pois ocorreram diversos acidentes aéreos e não queria detalhar esses acontecimentos em uma data de comemorações. Preferi aguardar o Ano Novo.

Voo da AirAsia:
Todos devem ter acompanhado as notícias sobre a queda da aeronave da AirAsia no mar de Java, na Indonésia, e a última novidade é que agora se iniciou uma busca submarina por destroços e mais vítimas desta acidente. Já foram encontrados 16 cadáveres e outros destroços da aeronave.

Os especialistas franceses do Escritório de Investigação e Análise (BEA) para a segurança da aviação civil estão equipados com hidrofones para detectar sinais que lhes permitam encontrar as caixas-pretas do Airbus A320-200.

A aeronave desapareceu das telas dos radares no domingo, pouco depois de decolar da cidade indonésia de Surabaya com destino a Cingapura, com 162 pessoas a bordo.

Depois de ter enfrentado condições meteorológicas ruins, o avião caiu no mar de Java, em frente à costa da ilha de Bornéu, onde o mau tempo e as grandes ondas frearam nos últimos dias a busca de vítimas, da fuselagem da aeronave e das caixas pretas, cruciais para as investigações.

Voo da Qatar Airways:
Neste caso, a aeronave fez um pouso não programado devido a descontrole de um passageiro.
Um voo da Qatar Airways que partiu de Nova York foi forçado a fazer um pouso não programado em um aeroporto britânico devido ao descontrole de um passageiro, informou a polícia.
“Parece que os funcionários tiveram que conter um homem durante o voo e o piloto precisou refazer a rota e pousar em Manchester. A polícia compareceu e prendeu o homem”, disse um porta-voz da polícia.
O aeroporto havia dito antes que o voo, que ia para Doha, havia sido desviado por uma questão médica.

Além desses dois relatos acima, ocorreram outros acidentes com aeronaves menores.

Aviação em 2014:
Li no UOL online que o ano de 2014 foi trágico para a aviação civil da Malásia. O acidente da AirAsia soma-se à perda de duas aeronaves da companhia nacional Malaysia Airlines.

No dia 8 de março, o voo MH370 da Malaysia Airlines, um Boeing, desapareceu dos radares pouco depois de decolar de Kuala Lumpur rumo a Pequim com 239 pessoas a bordo.

O avião não foi encontrado e seu desaparecimento continua sendo um mistério. Pode ter caído no oceano Índico por falta de combustível.

No dia 17 de julho, outro Boeing da Malaysia Airlines, do voo MH17, que voava de Amsterdã a Kuala Lumpur, foi derrubado em pleno voo por um míssil quando sobrevoava o leste da Ucrânia, palco de uma guerra.

A aeronave transportava 298 pessoas, entre elas 193 holandeses.

Esperamos que o Ano Novo venha com menos acidentes e que as companhias aéreas continuem melhorando o seu serviço e o conforto das aeronaves. E, lógico, cumprindo os horários.

Anúncios