jump to navigation

PAGOU PEITINHO junho 14, 2008

Posted by JN, Rio de Janeiro in cada uma!, gente.
8 comments

 

Moça, linda, morena, bem vestida, turbinada e com decotão que dava  para ver o umbigo.

Entra na aeronave com destino a Florianópolis e se estica para colocar a mala de mão no bagageiro.

Em seguida, se abaixa para tirar a última edição da revista Caras da bolsa (na realidade é um bolsão, porque está na moda) e tchan, tchan, tchan…pagou peitinho esquerdo.

O danado escapuliu e ficou com o bico todo de fora do benevolente decote.

O leitor do nosso blog que estava sentado na janela viu (ela ia sentar no corredor), o cara que estava em pé no corredor atrás dela esperando para passar também viu, a senhora que estava no banco de trás olhou e a aeromoça que estava em pé de frente para ela esperando para voltar lá para a frente viu, sorriu e avisou (droga!!).

A recatada e discreta moça colocou tudo no lugar rapidamente e sentou.

Mas valeu a pena.

 

Foto de gardinalle via flickr cc

 

VOMITOU E ENTORNOU junho 14, 2008

Posted by JN, Rio de Janeiro in cada uma!, gente.
add a comment

 

Na semana passada, voltando de Brasília pela Varig, em um vôo tranqüilo, um menino de uns treze anos começou a enjoar.

A mãe chamou a aeromoça e esta explicou os procedimentos de utilização daquele famoso saquinho de enjôo.

Não ouvi os detalhes, pois eles estavam mais atrás.

Foi acabar de falar e ir embora que o garoto começou a vomitar.

Só se ouvia aquele barulho do vômito saindo e o início do desagradável cheiro.

A mãe apertou o botão para chamar outra vez pela aeromoça, mas não deu tempo, o saco encheu e transbordou…o menino não lembrou de pegar o saco do lado quando o dele começou a encher.

A aeromoça pegou o saco todo sujo e deu outro limpo para o menino, mas já era tarde…o chão estava todo sujo e o cheiro se espalhou rapidamente.

Ela pegou um pano com algum produto perfumado, mas piorou,,,agora era cheiro de vômito com perfume.

O garoto melhorou depois de encher os dois sacos e lambuzar o chão e todos tiveram que agüentar mais uns vinte minutos com aquele cheiro.

 

 Foto: de irishflyguy via flickr cc

 

APERTADA NA HORA H junho 13, 2008

Posted by JN, Rio de Janeiro in cada uma!, gente.
add a comment

 

Vôo São Paulo/Rio de Janeiro, já foi dado o aviso de “pouso autorizado” e uma mulher de uns 40 anos se levanta e vai até o banheiro.

Quando passa pelos comissários, já sentados e com cinto afivelado, um deles diz que ela precisa sentar e colocar o cinto.

Ela diz que será bem rápida, mas que precisa ir ao banheiro.

Foi. E nada de sair do banheiro…

O comissário se levanta e bate na porta…nada. Ele insiste e bate outra vez e pede para ela sair imediatamente, pois já vão pousar.

Ele continua em pé e apreensivo…olha pela janelinha redonda que tem na porta da aeronave e volta a chamar a tal mulher.

A aeronave vai pousar e ele então diz para ela se segurar e continuar no banheiro que não dá mais tempo de voltar ao assento.

Ele senta correndo e o pouso é realizado…por sorte pousou suave.

Todos os passageiros das fileiras da frente que acompanharam a odisséia estão curiosos e esperando para ver a cara da mulher na saída do banheiro.

Ela sai sem graça e alguém comenta com o amigo na poltrona de trás: “pela cara foi cocô a jato”.

 

Foto bad boy de ondrasoukup via flicker cc

 

 

PIRRAÇA A BORDO junho 13, 2008

Posted by JN, Rio de Janeiro in cada uma!, gente.
add a comment

 

Mãe com menino de três anos embarcam.

Eles sentam na segunda fila.

De repente a criança começa a fazer pirraça e espernear.

A mãe sem graça finge que está tudo bem…mas não está.

O menino se joga no chão e se enfia sobre a poltrona do meio.

A mãe começa a avisar, calmamente, que ele precisa sentar, pois o avião já vai decolar e…nada. O garoto continua deitado no chão e choramingando.

Todos olhando e imaginando aonde isso vai parar.

A porta se fecha e a aeromoça pede para todos colocarem o cinto.

E nessa hora, a mãe perde a cabeça, puxa o filho pelo braço, coloca o menino sentado na poltrona e põe o cinto. Não se sabe como, pois o filho era craque na esperneada. E, para completar, começou a berrar.

Que agilidade…e como sabe dar um bom show…essa criança pode trabalhar em circo como contorcionista quando crescer.

Coitado do senhor que estava sentado na poltrona da janela…não sabia o que fazer, se podia ou devia tentar ajudar…apenas olhava o espetáculo.

A aeromoça – grande aeromoça, apareceu com uma revistinha não sei da onde e ofereceu educadamente para o menino. E não é que ele parou imediatamente, sorriu e começou a mexer na revista…ficou entretido todo o vôo, para felicidade geral dos passageiros.

Alguém, metido, ainda falou baixo, mas todos ouviram: educação vem do exemplo dos pais.

E a aeronave decolou.

 

 

MASTURBAÇÃO AÉREA março 19, 2008

Posted by JN, Rio de Janeiro in cada uma!, gente, hilario, Pode isso?.
add a comment

velhinha-por-por-soylentgreen23-via-flicker-cc.jpg

No vôo Brasília/Rio da TAM, de hoje, dia 19/03, presenciei uma cena inédita e curiosa. Uma senhora baixinha, de uns 70 anos, cabelos grisalhos, com vestido florido comportado, se masturbou calmamente durante uns 10 minutos e depois dormiu.

Eu estava em uma janela e havia uma moça na poltrona do corredor. A tal senhora assanhadinha estava sozinha na outra fileira, na poltrona da janela e olhando para fora. Estava com uma bolsa preta no colo e a mão direita, por baixo da bolsa, bolinava a dita cuja.

Eram movimentos rápidos e ritmados e, as vezes, ela parava e olhava para o nosso lado para verificar se alguém estava observando (nos meus pensamentos, até imaginei que ela quisesse que alguém visse). Em seguida, virava para a janela e continuava. A moça ao meu lado estava de olhos fechados, imagino que dormindo, e acho que nada viu.

No fim, a safadinha da terceira idade (ou melhor idade) abriu a bolsa, pegou um lencinho branco e passou na mão. Guardou, fechou os olhos e dormiu. No desembarque se levantou, serelepe e com um leve sorriso, e saiu da aeronave na minha frente.

Quase perguntei: “foi bom para você?”.  

Foto de por soylentgreen23, via Flicker cc

TROPEÇOU, CAIU março 19, 2008

Posted by JN, Rio de Janeiro in cada uma!, gente, hilario.
add a comment

caiu-de-cris-gorissen-via-flicker-cc.jpg

Mulher bem vestida de salto alto, tipo executiva, correndo no aeroporto de Congonhas, pois estava atrasada para embarcar.

Última chamada.

Todos olhando aquela corrida, acompanhando tudo, uma vez que ninguém tinha mais nada para fazer.

Pronto. Aconteceu.

Ela escorregou e tentou se equilibrar e disfarçar para não cair.

Foi pior.

Caiu de bunda no chão.

Com as pernas abertas.

Alguns objetos da bolsa caíram e ela ainda teve que catar tudo. Conseguiu embarcar, mesmo depois desse mico.

Foto “Caiu” de Cris Gorissen, via Flicker cc

COMENTÁRIO FORA DE HORA março 19, 2008

Posted by JN, Rio de Janeiro in cada uma!, gente, Pode isso?.
add a comment

the-airplane-by-por-woodleywonderworks-via-flickr-cc.jpg

Todos embarcados na ponte aérea e na primeira fila estava uma mãe com uma criança pequena que na hora de colocar o cinto perguntou: “mãe, esse avião é igual aquele que caiu outro dia, né?

Silêncio total. Baixa o pano.

Foto by por woodleywonderworks , via Flickr cc

BUNDÃO 2 março 19, 2008

Posted by JN, Rio de Janeiro in boazuda, gente, Pode isso?.
2 comments

bundao-2-de-avery-zoe-via-flicker-cc.jpg

Aeronave na pista. Embarque autorizado. Todos os passageiros para o ônibus e embarcando pela escada.

Na minha frente está subindo uma moça, de uns vinte e muitos anos, com uma bunda impressionante.

Aposto que estão pensando que era linda e maravilhosa, né? Engano total. Era horrível e colossal. Uma monstruosidade. Tão grande que tinha vida própria. A moça tinha cintura fina e enganava na parte de cima, pois até parecia magra, mas a bunda, larga, esbarrava nos dois lados da escada enquanto ela subia. Fiquei imaginando como ela ia sentar aquilo tudo.

Não vi, pois ela foi lá para trás e nunca mais tive acesso ao bundão. 

Foto de Avery Zoe, via Flicker cc

SERÁ QUE O COMANDANTE MENTIU??? março 19, 2008

Posted by JN, Rio de Janeiro in explicações, gente, não-convence.
1 comment so far

comandante-de-aviao-de-caribb-via-flicker-cc.jpg

Vôo atrasado, São Paulo/Rio, passageiros inquietos e resmungando.

Um senhor pergunta ao atendente do balcão o que estava acontecendo e o rapaz diz que a tripulação estava atrasada.

Todos que ouviram ficaram indignados e resmungaram mais ainda.

De repente o vôo é liberado e todos embarcam.

A aeronave começou a taxiar e o comandante, pelo alto falante, diz que o atraso ocorreu porque desde manhã que os controladores de vôo começaram a atrasar os vôos devido ao intenso tráfego aéreo e que agora, no final do dia, o atraso acumulado já estava em cinqüenta minutos. Pediu desculpas.

Nesse momento o tal senhor que havia perguntado o motivo do atraso antes do embarque, fica revoltado e grita: “o comandante está mentindo, ele está mentindo… eu perguntei lá fora e disseram que a tripulação estava atrasada. E agora ele inventa essa desculpa… porque ele não diz a verdade?”

Ele olha para a comissária e repete: “fala para o comandante falar a verdade”.

Silêncio constrangedor e a aeronave decola.

Será que o comandante mentiu??? 

Foto de caribb, via Flicker cc

E O LIVRO SE FOI março 19, 2008

Posted by JN, Rio de Janeiro in gente, hilario.
1 comment so far

old-book-bu-celeste-via-flicker-cc.jpg

Vôo de ponte aérea Rio/São Paulo, terça passada, de manhã. Homem de cinqüenta e poucos anos, com rabo de cavalo e roupa esporte, sentou na janela da fila oito e eu no corredor.

Ninguém no meio, ainda bem.

Eu lendo o jornal e ele lendo um livro.

Acho que o título era “Fim do Mundo”.

Não deu dez minutos de vôo e ele colocou o livro sobre a poltrona do meio, virou de lado e dormiu. Nem pegou o lanche. Dormiu direto. Quando a aeronave aterrisou – e freou – o livro escorregou e saiu correndo pelo chão até o fim do mundo… que trocadilho infame.

Mas que o livro foi parar lá na primeira fileira, isso foi. A aeronave parou no finger, eu me levantei, ele também, e percebi que ele não lembrou que o livro estava sobre o banco. Avisei que o livro tinha escorregado e ele agradeceu.

Se não, acho que ficaria sem o livro.

Aliás, já vi vários objetos correndo pelo chão quando a aeronave freia. Principalmente bolsa de mulher.

Mas isso é outra história. 

  

Foto de Celeste, via Flicker cc