jump to navigation

ESTÁ FICANDO DIFÍCIL RELAXAR E GOZAR abril 17, 2011

Posted by JN, Rio de Janeiro in Uncategorized.
trackback

Desculpem pela minha demorada ausência, mas aproveitei para tirar férias que emendaram com viagens de trabalho.
Mesmo assim, tenho acompanhado o noticiário sobre os nossos assuntos e estou impressionado pelos problemas e acidentes que o setor tem enfrentado.

Está cada vez mais difícil RELAXAR E GOZAR quando o assunto é aviação.

Resolvi fazer um resumo sobre os principais pontos que li e transcrevo abaixo:

– Crescem os extravios de bagagens nos aeroportos do país

As pessoas que viajam de avião precisam ficar atentas, pois os furtos e extravios de bagagens aumentaram nos aeroportos brasileiros. Só em dezembro do ano passado, foram mais de sete mil reclamações (notícia da Bandnews).

– O governador Sérgio Cabral disse que “Galeão é uma vergonha para o Rio”

O governador defende privatização e Infraero diz que investirá R$ 687 milhões em melhorias do terminal até 2014. As filas de imigração no Galeão são enormes.

Cabral ainda disse que: “O aeroporto não condiz com este momento do Rio de Janeiro. Se você for à Rodoviária Novo Rio, que nós concessionamos e acabamos de renovar o consórcio com novos investimentos, verá que ela está melhor que o aeroporto” (jornal O Globo).

– Ações da TAM despencam 7%

O mercado reagiu mal à suspensão, no Chile, de fusão com LAN e o Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica) pede explicações.
As ações das duas companhias fecharam em queda após autoridades antimonopólio do Chile terem congelado a operação de fusão entre as duas empresas no país (jornal O Globo).

– Contra o tempo

Com o título acima, a coluna Opinião do jornal O Globo apresentou o seguinte texto:
“A REVELAÇÃO – nada surpreendente – de que o Galeão é considerado pela Anac o pior dos 16 maiores aeroportos brasileiros coincide com a declaração da presidente Dilma Rousseff, publicada na imprensa argentina, a favor de um novo sistema de gestão destes terminais.

AGORA, É tratar de, o mais rápido possível, acertar a passagem da administração do aeroporto para a iniciativa privada, como sempre defendeu o governador Sérgio Cabral.

O TEMPO é curto para a Copa de 2014.

– “Purgatório de passageiros”

Esse foi o título da página do caderno de Economia do jornal O Globo, para registrar que de Brasília, o melhor terminal do país, ao Galeão, o pior, lotação e equipamentos quebrados são alguns do problemas que existem.
No aeroporto carioca, pelo qual passaram 12,2 milhões de pessoas em 2010, um dos principais problemas são os elevadores. No terminal 2, metade – são quatro no total – está quebrada há pelo menos quatro meses, segundo funcionários. E quem vai para lá de carro ainda tem que subir e descer as escadas com as malas, pois o elevador do estacionamento também não funciona (jornal O Globo).

– Mão na obra

Na coluna do Ancelmo Gois, saiu o seguinte:
“As voadoras brasileiras reclamam cada vez mais que faltam pilotos – sobretudo, de helicópteros – no país.

Aliás…
Só a Azul já repatriou uns 50 pilotos brasileiros que foram para o exterior depois do colapso da Varig.”

– Lá vão as noivas

Também no AncelmoGois, saiu a seguinte nota:
“Domingo, no voo 1223 das Aerolíneas Argentinas (São Paulo-Buenos Aires), o comandante pediu aos passageiros:
– Vamos dar parabéns à nossa comissária que está entregando os formulários de imigração. Após anos de convivência, ela se casará em março com…sua companheira Sandra.
Todo mundo aplaudiu.

Aliás…
Em pouco mais de seis meses de vigência da lei argentina que autoriza casamentos entre pessoas do mesmo sexo, cerca de mil casais já se uniram de papel passado no país de Cristina Kirchner.
Eu apoio.”

– Voo 447: achados corpos; faltam as caixas-pretas

Este foi o título da principal matéria da capa do jornal O Globo de 05/04/11.

Descoberta inédita abre caminho para elucidação do acidente, quase dois anos após o desastre com o voo AF 447 que matou 228 pessoas na costa do Brasil. Robôs submarinos detectaram corpos dentro de parte inteiras do Airbus da Air France que caiu no Atlântico em 31 de maio de 2009.

– Céu de brigadeiro

Saiu no Ancelmo Gois que a Gol vai abrir vagas para 350 aeronautas (O Globo).

– Ipea: aeroportos não ficam prontos para Copa

Na última sexta, dia 15/04/11, saiu no jornal O Globo que, segundo levantamento e conclusão do Ipea-Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada, as obras estarão inacabadas em nove dos 13 terminais das cidades que vão sediar jogos em 2014.

No documento, o Ipea reforça que a alta da demanda não foi acompanhada pela infraestrutura aeroportuária (nos últimos oito anos, foram investidos R$ 8,798 bilhões). O valor saiu de R$ 502,67 milhões em 2003 para R$ 1,2 bilhão em 2010. Nesse período, o volume de passageiros cresceu 116,7%.

– Corpos das vítimas não deverão ser resgatados

Depois de criar uma enorme expectativa para os parentes das vítimas do voo 447 da Air France, que imaginaram poder enterrar os corpos que foram achados, o BEA (Birô de Investigações e Análises) está recomendando que não sejam resgatados.

“Para nós isso traz total indignação. Uma vez que foi criada uma expectativa, foi anunciado em alto e bom som o encontro dos corpos e que eles provavelmente seriam retirados. E agora, em função de uma reunião do BEA ontem em Paris, com alguns legistas, vem essa versão oficial”, disse à Folha o diretor executivo da associação dos parentes das vítimas, Maarten Van Sluys.
Ainda de acordo com Sluys, a recomendação para que os corpos não fossem retirados partiu de médicos peritos, que disseram acreditar que eles não resistiriam ao içamento. “As famílias como um todo, no Brasil, gostariam de ter os corpos. Vou distribuir agora um comunicado aos associados”, afirmou.

A equipe de buscas aos destroços do voo 447 encerrou as operações submarinas na sexta-feira (8). O BEA divulgou na semana passada as primeiras imagens dos destroços. De acordo com o órgão, foram localizadas partes do motor, fuselagem, asas e do trem de pouso do Airbus A330-203, que fazia o voo 447 da Air France que caiu em 2009 com 228 pessoas.

– A aviação acabou

A coluna do Arnaldo Bloch no Segundo Caderno do jornal O Globo de ontem, dia 16/04/11, foi sobre a sua experiência em um voo Rio-Londres-Rio pela Ibéria, com escalas em Madrid.
Aconteceram vários problemas, inclusive descaso do pessoal da companhia, perda de mala e overbooking.

No final ele disse que a aviação acabou e que quem não paga executiva é um amontoado de carne num contêiner. Com risco de apodrecer.
Vale a leitura.

– Inflação no ar

Este foi o título usado na capa do caderno de Economia do jornal O Globo de hoje, domingo, dia 17/04/11, para comentar que as passagens subiram até 65% com aumento da renda e dos negócios que estão em alta no país.

Apesar da disparada de preços das passagens aéreas, os brasileiros continuam viajando como nunca, agravando os gargalos nos aeroportos do país.

Dados do IBGE revelam que, nos últimos 12 meses, o preço médio dos bilhetes para dez destinos no Brasil subiu quase 50%. Crescimento de renda, novas facilidades de parcelamento e aquecimento dos negócios explicam o movimento de alta, levando a previsões sombrias. Ou seja, tudo indica que em 2014, ano da Copa, os 15 principais aeroportos do país estarão operando acima de sua capacidade.

A mesma matéria, mais adiante, registra que em Guarulhos existe caos do táxi às filas e que estudo da UFRJ mostra que obra de ampliação não será suficiente para demanda na Copa.

Anúncios

Comentários»

No comments yet — be the first.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: