jump to navigation

NOTÍCIAS AÉREAS março 18, 2009

Posted by JN, Rio de Janeiro in Uncategorized.
trackback

Nos últimos dois meses apareceram vários destaques na mídia sobre quedas de aeronaves, problemas de abertura de novas rotas no Santos Dumont, estuprador que roubou avião, caça que seguiu avião para evitar ataque a Brasília, enfim, o que não faltou na grande mídia foram notícias sobre o setor.

Preparei abaixo um resumo das notícias do setor que mais tiveram destaque no jornal O Globo:

– Queda de avião mata 50 nos EUA – saiu publicado no dia 14/02/09, que um bimotor da Continental Airlines caiu sobre uma casa em Buffalo, estado de Nova York, matando todos os 45 passageiros, quatro tripulantes e uma pessoa que estava dentro da casa atingida. Entre os mortos estava a viúva de uma das vítimas do 11 de setembro. As condições climáticas podem ter causado a queda;

– Na mesma matéria, divulgaram que em Londres, um avião da British Airways, procedente de Amsterdã, sofreu um acidente durante a aterrissagem, mas que os 72 passageiros se salvaram. O trem de pouso quebrou durante a aterrissagem. Quatro pessoas ficaram levemente feridas;

– No dia 15/02/09, saiu publicado na coluna do Ancelmo Gois a seguinte notícia: “Crise? Qua crise? – O tráfego aéreo doméstico cresceu 7,6% em janeiro. Para Mário Sampaio, consultor de aviação, pode ser um indicador de que a economia voltou a respirar sem auxílio de aparelhos: – A demanda por voos domésticos antecede movimentos da economia como um todo. Que Deus o ouça”;

– No dia 05/03/09, na página 25, saiu uma matéria com o título: “Cabral prepara plano de guerra contra Anac”. E ainda diz o seguinte: “Estado deve notificar Infraero hoje sobre licenças do Santos Dumont, o que pode atrasar em um ano abertura a nova rotas”. A matéria inicia com o texto: “Um dia após classificar de deboche a decisão da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) de liberar voos regionais no Aeroporto Santos Dumont, o governador do Rio, Sérgio Cabral, mudou ontem o tom do discurso e admitiu conversar com a agência sobre a liberação de voos para alguns destinos. Nos bastidores, no entanto, o governo prepara um plano de guerra”. Essa novela vai longe…

– Aliás, na mesma página anterior, só deu matéria sobre o setor. Tinha um box com o título “Lula recebe demitidos da Embraer”. E sob este título: “Presidente estuda comprar aviões da companhia”. E do lado deste box, tinha outra matéria com o título: “BNDES lança edital e inicia hoje processo de privatização da Infraero”. E informava que “consultorias terão de formular propostas para reestruturação da estatal”;

– Na coluna Negócios & cia da Flávia Oliveira, no dia 06/03/09, saiu publicado o seguinte título: “Colt Aviation amplia frota para quatro jatos no Rio”. A matéria era: “A demanda por aviação executiva no Rio está subindo. A Colt Aviation, que voa do Santos Dumont, está adicionando o quarto avião, um Citation X, à sua frota na cidade. O projeto é de U$ 1 milhão, sem contar o leasing do jato. A empresa, que dobrou de tamanho em 2008, espera crescer 40% este ano, diz o presidente, Alexandre Eckman. Com três aviões em São Paulo e um em Brasília até o fim do mês, a Colt terá 13 aeronaves até dezembro”. Ponto para o Rio;

– “Homem que roubou avião era acusado de estupro” – este foi o título que saiu na página cinco no dia 14/03/09. A matéria era sobre a tragédia em Goiânia. Kléber, de 32 anos, que morreu juntamente com a filha de 5 anos, após roubar um monomotor que caiu no estacionamento do maior shopping de Goiânia, era acusado de estuprar uma adolescente de 13 anos, em Aparecida de Goiânia (GO). Na véspera, seria protocolado o pedido de prisão temporária contra ele. Dezenas de pessoas estavam no estacionamento, mas nenhuma foi atingida.  23 carros foram danificados pelos destroços da aeronave. A FAB agiu imediatamente contra a suspeita de ataque terrorista ou atentado suicida a Planalto ou Congresso e destacou um caça Mirage 2000 para procurar o monomotor roubado em Luziãnia. A missão era fazer a defesa do espaço aéreo de Brasília. O monomotor não chegou a sobrevoar o Distrito Federal. A Lei do Tiro de Destruição, ou Lei do Abate, que vigora desde 2004, se aplica apenas a aviões suspeitos de envolvimento com tráfego de drogas e veta a derrubada de aeronave que leve crianças;

– Também no dia 14/03/09, saiu no Ancelmo Gois duas matérias: “Voos altos” era o título da primeira e tinha o seguinte texto: “É sabido que a Odebrecht, em parceria com a Advent International, pricipal acionista das lojas Duty Free, sonha com a privatização do Galeão. Agora, o que se diz é que a empreiteira negocia a entrada no capital da Gol. A conferir. Logo abaixo, saiu o seguinte título: “Por falar em Galeão” e o texto: “Quem voou ontem pelo Galeão ficou sem  ar-condicionado. Enquanto isso, o Santos Dumont estava vazio e fresquinho”.

Aproveitando, também vou noticiar que levei um susto na semana passada, pois estava indo para Joinville pela TAM e na hora do pouso, já quase tocando a pista, a aeronave arremeteu…foi aquele silêncio…o comandante logo falou: “tivemos que arremeter devido a um forte vento pela cauda. Agora vamos pousar em outra pista”. E deu tudo certo. Já me disseram que se a aeronave tocasse a pista, não consegueria mais arremeter.

Anúncios

Comentários»

No comments yet — be the first.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: